Sobre

Renan Porto

Ensaísta e poeta baiano vivendo no Rio de Janeiro. Faz mestrado em filosofia do direito na UERJ. Contribui com a rede de pesquisadores Universidade Nômade. Desenvolve pesquisa interdisciplinar entre filosofia política, direito e literatura. Durante a graduação, pesquisou a relação entre poder instituinte e poder instituído a partir da relação que a personagem Dona Flor tem com as personagens Vadinho e Teodoro na obra de Jorge Amado, Dona Flor e seus Dois Maridos. No mestrado, pesquisa sobre as implicações éticas da ambiguidade da escrita de Guimarães Rosa para o pensamento sobre a experiência da justiça. Publicou poemas nas revistas EscamandroR. Nott Magazine, Babel e Libertinagem. Seu livro de estreia será publicado ainda em 2018 pela editora Urutau, com o título O Cólera A Febre.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s